Pular para o conteúdo principal
Por favor, aguarde...
Proteção contra raios

Como proteger aparelhos de danos causados por raios

O tempo está para chuva? Descubra como proteger os eletrônicos de possíveis danos causados por raios.

Você sabia que o Brasil é o líder mundial na incidência de raios por ano, principalmente nas estações mais quentes, como a primavera e o verão? Foi o que apontou o último levantamento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pela Nasa, a agência espacial norte-americana. É por isso que é tão importante tirar roteadores e outros aparelhos eletrônicos da tomada durante temporais, para evitar danos causados por raios.

Os raios se formam quando o atrito entre partículas dentro das nuvens forma um excesso de carga, que ao ser descarregada através dos raios, pode atingir a rede elétrica da sua casa ou empresa, danificando não só o equipamento de internet, mas também qualquer eletrônico que esteja conectado na energia.
Vale lembrar que estabilizadores, filtros de linha e nobreaks têm como função lidar com pequenas variações na rede elétrica, mas não têm utilidade quando se trata de descargas de grande porte, como as causadas por raios.

No site da CPFL Energia – responsável pelo fornecimento de energia em 4 estados do país, é possível encontrar dados específicos sobre quedas de raios em São Paulo:

“De acordo com levantamento do Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), só no Estado de São Paulo, onde estão localizadas sete distribuidoras do Grupo CPFL, foram registrados 1,6 milhões de raios entre janeiro e outubro de 2017, uma média de 5,557 mil descargas atmosféricas por dia.”

Em dados mais recentes, o INPE mapeou mais de 10 mil ocorrências de raios entre 1º de janeiro até 27 de março de 2018, e no ranking sobre cidades da baixada Santista com maior incidência de raios, São Vicente aparece em 3º lugar, Praia Grande em 6º e Cubatão em 7º.

Os equipamentos danificados por danos elétricos somente são ressarcidos pelas concessionárias de energia caso seja comprovado que o dano foi provocado por uma falha de distribuição da companhia de energia. Então, a melhor opção é sempre evitar o dano, tirando todos os aparelhos da tomada durante a incidência dos raios.

Cabos telefônicos, de TV a cabo ou antenas também podem conduzir descargas elétricas, e o aconselhável é desconectar esses cabos dos aparelhos.

Veja no vídeo abaixo como os raios se formam, o porquê da alta incidência no Brasil e quais as melhores maneiras de evitar acidentes: 

O sinal da internet está instável ou o roteador não está funcionando?